IoT: Decreto institui o Plano Nacional de Internet das Coisas

IoT: Decreto institui o Plano Nacional de Internet das Coisas

Instituído ontem (26/06/19) pela Presidência da República, o decreto nº 9.854 tem como finalidade, de acordo com o texto, implementar e desenvolver a Internet das Coisas no País e, “com base na livre concorrência e na livre circulação de dados, observadas as diretrizes de segurança da informação e de proteção de dados pessoais”.

Segundo o decreto, a Internet das Coisas (IoT) é definida como uma “infraestrutura que integra a prestação de serviços de valor adicionado com capacidades de conexão física ou virtual de coisas com dispositivos baseados em tecnologia da informação e comunicações existentes e nas suas evoluções, com interoperabilidade”.

Por IoT, caso isso ainda cause confusão na sua cabeça, podemos entender como produtos diversos com conexão à internet que conversam entre si. Dessa maneira, estamos falando de geladeiras, maçanetas, relógios, computadores e outros produtos conectados.

O decreto também cria a Câmara de Gestão e Acompanhamento do Desenvolvimento de Sistemas de Comunicação Máquina a Máquina e Internet das Coisas (Câmara IoT). Ela servirá como um órgão para acompanhar e implementar o IoT, será uma entidade focada em fomentar parcerias público-privadas e trazer discussões, além de apoiar projetos mobilizadores. A Câmara IoT será um colegiado não deliberativo, dispensando quórum mínimo, mas os membros terão suplentes para ocasiões de ausências e impedimentos. As reuniões deverão ocorrer semestralmente e em caráter extraordinário sob convocação do presidente da entidade.

Como será formada a Câmara IoT:

  • Representantes de cinco ministérios
  • Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) vai presidir a entidade
  • Pastas de Economia, Agricultura, Saúde e Desenvolvimento Regional participarão
  • Membros serão indicados pelos titulares dos órgãos e designados pelo secretário de empreendedorismo e inovação do MCTIC (cargo atualmente de Paulo César Rezende de Carvalho Alvim)

 

 

Fontes: Tecmundo e Mobiletime

 

Cadastre-se em nossa Newsletter

Gantech Information Safety: Reconhecida como Emerging Partner 2019 – Beyond Trust

Gantech Information Safety: Reconhecida como Emerging Partner 2019 – Beyond Trust

Gantech Information Safety: Reconhecida como Emerging Partner 2019 – Beyond Trust.

Tivemos o prazer de participar ontem do PARTNER SUMMIT LATAM 2019, realizado pelo nosso parceiro Beyond Trust, onde pudemos aprofundar ainda mais nossa capacitação nos produtos, além de trazer muitas novidades para nossos clientes.

Como reconhecimento do esforço empenhado na parceria e desenvolvimento de negócios, recebemos o valoroso troféu de Emerging Partner diretamente do time LATAM do fabricante.

Unit 42 e GoDaddy fecham 15.000 subdomínios que “vendiam milagres”.

Unit 42 e GoDaddy fecham 15.000 subdomínios que “vendiam milagres”.

A Palo Alto Networks e a GoDaddy fizeram uma parceria para fechar mais de 15.000 subdomínios que promoviam produtos para perda de peso e outros utensílios que prometiam resultados milagrosos.  Os sites procuravam persuadir milhões de usuários para comprar esses produtos, com falsas recomendações de celebridades como Stephen Hawking, Jennifer Lopez e Gwen Stefani.

Os sites comprometidos foram descobertos em uma investigação do pesquisador Jeff White, da Palo Alto Networks Unit 42. Ele examinou uma campanha massiva em que os profissionais de marketing de afiliados usavam spam para levar as vítimas a sites onde às vezes eram direcionados para assinaturas – caras – de mercadorias. White descobriu a network depois de perceber semelhanças visuais marcantes em modelos usados para construir sites que vendem produtos aparentemente não relacionados – de pílulas dietéticas e estimulantes do cérebro a  óleo CBD  (um óleo derivado da Cannabis).

A Unit 42 publicou um relatório detalhado sobre a investigação. O documento descreve como as vítimas eram escolhidas por meio de spans que continham links curtos que remetiam aos sites com ofertas de produtos que proporcionariam resultados milagrosos. Confira o relatório completo no link: //unit42.paloaltonetworks.com/takedowns-and-adventures-in-deceptive-affiliate-marketing/.

 

 

Fontes: Unit 42 e TI Inside

 

Cadastre-se em nossa Newsletter

Gantech: Prêmio de parceiro do ano em Segurança Gerenciada Aplidigital.

Gantech: Prêmio de parceiro do ano em Segurança Gerenciada Aplidigital.

Nesta semana, a Gantech foi premiada como o parceiro do ano (2018) WatchGuard na categoria Hardware as a Service (HaaS), pela ApliDigital. Este prêmio vem coroar o trabalho realizado pela equipe Gantech, oferecendo um modelo de negócio extremamente flexível e atrativo aos clientes.

Conheça as vantagens da mensalização (MSSP) de firewall e serviços, além dos benefícios para upgrade e isenção de multa contratual. Neste mês, estamos com promoções imperdíveis e com certeza temos uma oferta que cabe no seu orçamento. Garanta seu orçamento promocional conosco pelo formulário abaixo. 

Mulheres na TI. Por que devemos ter mais delas no segmento?

Mulheres na TI. Por que devemos ter mais delas no segmento?

Mulheres na TI. Por que devemos ter mais delas no segmento?

Dentre as principais razões para a pouca presença de mulheres no segmento de TI, podemos elencar os estereótipos e o machismo como os principais elementos de barreira da entrada de profissionais do sexo feminino na área, tanto para quem contrata quanto para quem se candidata.

No ano passado, um estudo realizado sobre o tema divulgou que apenas na área de Segurança da Informação, a presença de mulheres como força de trabalho era de apenas 11%, do total de profissionais. Mas, o que o mercado de TI ainda desconhece, é que as mulheres são um dos principais ativos de empresas de sucesso em suas áreas de atuação. 

“Estudo desenvolvido pelo instituto americano Peterson Institute, em parceria com a consultoria EY, também em 2016, sinaliza que a presença de mulheres na liderança de uma corporação pode melhorar o desempenho da empresa. Após pesquisar 21.980 empresas em 91 países, o instituto acredita que instituições com pelo menos 30% dos cargos de liderança ocupados por mulheres podem elevar o lucro em até 15%, quando comparadas com aquelas que não têm a presença feminina em posições-chave.”

Diferenças como nível de escolaridade, sensibilidade e macrovisão de ambiente, reforçam os diferenciais femininos perante os masculinos, e que tornam as mulheres verdadeiras fortalezas dentro das organizações. 

Para nós da Gantech é um orgulho enaltecer e parabenizar além de nossas colaboradoras, todas as mulheres nesta data tão especial.

Nosso desejo é de um mundo mais justo, seguro e digno para as mulheres, além de mais oportunidades de trabalho para que elas possam demonstrar seu imenso potencial.

 

CFO da Gantech e as nossas colaboradoras.

Cadastre-se em nossa Newsletter

Fazendo do Zero Trust uma realidade.

Fazendo do Zero Trust uma realidade.

O QUE É UMA ARQUITETURA ZERO TRUST?

As empresas que desejam impedir de forma confiável a exfiltração de dados confidenciais e melhorar sua capacidade de defesa contra as ameaças virtuais modernas, devem considerar uma arquitetura Zero Trust. Introduzido pela empresa de análise Forrester Research, o Zero Trust é uma arquitetura alternativa para a segurança de TI, baseada no princípio de “nunca confiar, sempre verificar”.

Preparamos para você um conteúdo exclusivo, explicando o que é a arquitetura Zero Trust, seus diferenciais e pontos-chave de sucesso. Acesse já o material.

Cadastre-se em nossa Newsletter