Um malware “sem arquivo” é a recente descoberta de um tipo que tenta se evadir da detecção, deletando todas as cópias de seus arquivos, alocando-se em processos que ficam rodando na memória. Os ataques “sem arquivo” podem partir da entrega de um exploit via software para se alojar na memória sem depositar nenhum registro ou arquivo que seja. E, infelizmente, os cibercriminosos, tem combinado sua natureza de camuflar malwares sem arquivos e com potencial destrutivo dos ransomwares.

No vídeo abaixo, Corey Nachreiner, CTO da WatchGuard, traz um detalhamento técnico sobre esta modalidade de Ransomware. Chamado de Soberect, ele criptografa seus arquivos não deixando nenhuma cópia ou registro físico que seja em seu computador. Assista e fique por dentro!